2008/03/09

Graça ou Piada?

Não entendo muito bem qual a graça que pode ter o preconceito!....

grassar

verbo intransitivo


1.
alastrar-se; propagar-se;

2.
(doença) desenvolver-se;

(Do lat. *grassáre, por grassári, «caminhar; avançar»)
(in Dicionário Porto Editora)

6 comentários:

boss disse...

Obrigado pela correcção, ou melhor, correção, não quero parecer desatualizado.

João disse...

De nada, Boss. É para isso que este blog existe.

Por falar nisso, "correção" e "desatualizado" são duas palavras que não reconheço. Se tiver de as ler, leio "cu-ressão" e "desá-tualizado".

Só quem não tenha a noção de como se pronuncia o português escrito é que pode adoptar (e não adotar, que seria foneticamente igual a "adutar") a grafia brasileira.

boss disse...

Ui, tanta gente sem noção... linguistas e o camandro.

No fundo creio que há duas posições inconciliáveis, a dos que acham que a língua atingiu um cúmulo de perfeição, não tendo mais por onde evoluir, pelo que o que há a fazer é trata-la como algo imutável e sagrado, qualquer alteração é blasfema. E os que acham que a língua está viva, em expansão e em constante adaptação. Eu estou entre os segundos.

PS: E "inflação" como é que lê?

boss disse...

E já agora, como lê "actriz"? E "actual" ou "actualidade"?

O preço que pagamos ainda pelas invasões francesas sem dar conta...

João disse...

Ou não..talvez seja um nadinha mais antigo e remonte às invasões romanas....

actual
adjectivo 2 géneros
1. que existe presentemente ou no tempo em questão;
2. efectivo; real;
3. moderno;
4. FILOSOFIA que está em acto; que adquiriu a sua forma final, acabada;

(da infopédia)

josé machado disse...

Não me levem a mal, mas o português do post está muito mal construído para além dos erros ortográficos , confesso que levei algum tempo a entender o que lá estava escrito.

Abraços.